sexta-feira, 13 de julho de 2012

tropeço (Francisco Novaes e Silva)


Toda dor que não estanca
leva embora o que faz falta.

Toca a pedra o pé e corta;
Sangra e lava a pele nua.

Tem o olhar a sós e sobra;
sombra n’água não se molha.

Cada passo, um cadafalso;
todo um mundo que se torna.

 - tempestade em copo d’água,
uma gota já transborda - 

2 comentários:

Angela Chaloub disse...

Rafael,
Adoro suas postagens!!
Gosto muito de você,porque saiu do FB???
Beijos

Aline Miranda disse...

fazia tempo que não li.
bonito!

caixa de sapato