sábado, 8 de março de 2014

iluminação

na festa dos corpos
o espírito resplandecia
feito estrelas
uma luz ancestral
trazendo sabedoria
cobrindo de flores o chão do mistério

06/03/2014

Um comentário:

Tiago Castelo disse...

AI, COMO É BOM ENCONTRAR COISA BOA DE SE LER NESSE MAR INFINITO!

Rafael, parabéns. E obrigado pela literatura boa do teu blog. Seguindo e acompanhando quando (e se) possível.

caixa de sapato